Faciais

Ritidoplastia - Lifting facial 

Ritidoplastia - Lifting facial

O envelhecimento facial traz consigo diversas alterações anatômicas e histológicas, tais como flacidez cutânea, atrofia de estruturas ósseas, aprofundamento de sulcos e rugas, desequilíbrio de proporções e volumes. A ritidoplastia ou lifting facial tem por objetivo melhorar os sinais mais visíveis do envelhecimento através da retirada do excesso de pele facial e cervical, reposicionamento de estruturas anatômicas específicas, reposição de volumes em áreas deficientes e suavização de sulcos.

1. Onde ficam localizadas as cicatrizes?
As cicatrizes geralmente se estendem a partir das têmporas, seguem à frente das orelhas, contornando-as em locais específicos para que fiquem discretas e pouco perceptíveis, e terminam posteriormente no couro cabeludo. Sua extensão dependerá muito do grau de flacidez cutânea de cada paciente e dos locais da face a serem tratados.

2. Qual a diferença do lifting facial (ritidoplastia) e do minilifting?
O minilifting segue os mesmos princípios do lifting tradicional, porém é empregado nos casos em que se tem sinais mais sutis de envelhecimento e menor flacidez. Nestes casos, tratamos regiões específicas, mais limitadas e com cicatrizes menores.

3. Com a cirurgia todas as rugas desaparecerão?
Não. O rejuvenescimento proporcionado pela restauração da harmonia dos elementos faciais e pelo tratamento da flacidez cutânea permite que alguns sulcos e rugas sejam suavizados, porém rugas dinâmicas, algumas rugas estáticas e sulcos profundos poderão necessitar de tratamentos complementares específicos, tais como aplicação de toxina botulínica, laser, peeling, preenchimentos e lipoenxertia, que serão indicados individualmente, conforme a necessidade de cada paciente.

4. Qual o tipo de anestesia empregada?
O procedimento pode ser realizado sob anestesia local associada a sedação ou anestesia geral.

5. O pós-operatório é muito doloroso?
Não. Geralmente os analgésicos prescritos são suficientes para o conforto no pós-operatório.

6. Qual o período de internação?
Em média 24 horas.

7. Haverá curativos ou drenos?
Logo após a cirurgia realizamos um curativo tipo “capacete” e colocamos um dreno fino que se exterioriza posteriormente às orelhas. Ambos são retirados no momento da alta hospitalar.

8. Quando os pontos são retirados?
Geralmente utilizamos fios absorvíveis, sem necessidade de retirada. Os demais pontos externos com fios inabsorvíveis são retirados de 10 a 15 dias após o procedimento.


Ritidoplastia, a cirugia da face

9. As pálpebras podem ser operadas na mesma cirurgia?
Sim. A blefaroplastia é a cirurgia mais comumente associada à ritidoplastia pois ambas se complementam no processo de rejuvenescimento facial.

• ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS PARA CIRURGIA DE RITIDOPLASTIA:

- Evite dietas radicais nas semanas que antecedem a cirurgia. Opte por uma alimentação equilibrada com carnes magras, carboidratos integrais, legumes, verduras e frutas.
- Acrescente frutas ricas em vitamina C no cardápio (laranja, tangerina, acerola, goji berry, etc.)
- Não ingerir bebidas alcóolicas na véspera do procedimento.
- Não fumar pelo menos 2 meses antes e 1 mês após a cirurgia.
- Não ingerir ginkgo biloba, arnica, AAS ou termogênicos nas semanas anteriores ao procedimento. Informar a equipe médica sobre TODAS as medicações que faz uso para que sejam feitas as orientações específicas.
- Respeitar o jejum orientado pelo anestesista.
- Pode tomar banho no dia do procedimento, mas não use cremes faciais nem maquiagem. Lavar os cabelos no dia anterior.
- Não vá para o centro cirúrgico com lentes de contato.
- Comparecer ao hospital no horário previsto, com acompanhante, portando documentos e objetos de uso pessoal. Levar óculos escuros se programação de cirurgia das pálpebras associada, camisas com abotoamento frontal e meia elástica anti-trombo prescrita.
- Caso apresente alguma alteração do seu estado de saúde na véspera da cirurgia (febre, gripe, alterações gastrointestinais, etc), comunicar com antecedência.

• ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS PARA CIRURGIA DE RITIDOPLASTIA:

- Ingerir líquidos no pós-operatório (água, água de côco, sucos, chás) até que a urina se mantenha clara.
- Manter dieta equilibrada, rica em proteínas, carboidratos integrais, verduras, legumes, frutas.
- Manter ingesta de alimentos ricos em vitamina C.
- Realizar compressas com gaze e soro fisiológico frio sobre os olhos por 15 minutos a cada 2 ou 3 horas, até o terceiro dia de pós-operatório se cirurgia palpebral associada.
- Repouso com a cabeça ligeiramente mais elevada. Evitar permanecer deitada por longos períodos.
- Não realizar esforços físicos nas duas primeiras semanas. Evitar também ambientes quentes.
- Não expor à luz solar ou à luz fluorescente, especialmente enquanto apresentar equimoses (manchas roxas). Se a exposição for inevitável, proteger-se com chapéu e óculos escuros.
- A retirada dos pontos palpebrais é realizada pela cirurgiã por volta do 5º dia após a cirurgia (se blefaroplastia associada) e dos pontos faciais por volta do 10º dia.
- O uso de lentes de contato, maquiagem e prática de atividade física serão liberados conforme a evolução pós-operatória.
- Dormir preferencialmente de “barriga para cima” nas primeiras 3 a 4 semanas.
- Comparecer assiduamente às consultas de pós-operatório.
- Fazer o uso da máscara (malha elástica) conforme orientação médica.
- Diante de qualquer dúvida ou intercorrência, entrar em contato com Dra Evelyne.

 
VOLTAR

Avenida Barão do Rio Branco, 4037, Bairro Bom Pastor. Juiz de Fora - MG (encontre no mapa)

32 3215.3116

contato@evelyneschmaltz.com.br

 

Evelyne Schmaltz© 2017. Todos os direitos reservados.