Corporais

Mamoplastia redutora 

Mamoplastia redutora

A hipertrofia mamária (mamas grandes) é uma condição que incomoda muitas mulheres. O volume e o peso das mamas podem provocar desconforto frente ao uso de determinadas vestimentas, dificuldade para adequação de sutiã com boa sustentação, dores lombares, dermatites e repercussões emocionais, com redução da auto-estima.

A cirurgia para redução mamária, denominada mamoplastia redutora, tem por objetivo ressecar o tecido mamário em excesso. Isto é feito remodelando a mama e estabelecendo formas, volumes e medidas mais proporcionais, harmoniosas e condizentes com a estrutura corporal de cada paciente.

1. Qual o tipo de anestesia utilizada na mamoplastia redutora?
Geralmente anestesia geral ou peridural.

2. Onde ficam posicionadas as cicatrizes?
Classicamente, a cicatriz da mamoplastia redutora tem um componente ao redor da aréola, seguindo verticalmente em “T” invertido, ou seja, desce no centro da mama, em sentido vertical, até o sulco infra-mamário, continuando ao longo deste em extensão variável. Em casos leves e selecionados, a cicatriz pode incluir o componente periareolar associado a um componente em “L”.

3. Qual o período de internação?
Em média 24 horas.

4. São usados drenos?
Em alguns casos sim. Nestes casos a retirada do dreno costuma ser indolor, realizada no momento da alta hospitalar ou no consultório.

5. Em quanto tempo obterei o resultado definitivo?
Logo após o procedimento, grandes mudanças e melhorias já podem ser observadas. Ao longo dos primeiros 6 meses haverá a redução progressiva do edema (inchaço) e a “acomodação” da “nova mama”, portanto, algumas pequenas modificações ainda podem acontecer. Sendo assim, não consideramos o resultado definitivo antes de seis meses de pós-operatório. As características finais e definitivas da cicatriz costumam ser atingidas cerca de 1 ano após a cirurgia.

6. O resultado poderá ser comprometido após uma gravidez?
Durante a gravidez e amamentação, as variações hormonais resultam em alterações da composição, volume e formato das mamas. O resultado cirúrgico após a maternidade poderá ser comprometido em maior ou menor grau.

7. A cirurgia de mamoplastia redutora pode comprometer a amamentação?
Eventualmente sim, a depender da técnica cirúrgica empregada e da quantidade de tecido mamário ressecado. Entretanto, muitas pacientes conseguem amamentar normalmente.

8. Quando são retirados os pontos?
Pontos externos são raros nesta cirurgia. A maioria dos pontos é realizada com fios absorvíveis, que não precisam ser retirados. Caso haja pontos externos com fios inabsorvíveis, eles geralmente são retirados 7 a 10 dias após.


Cirurgia para reduzir as mamas

• ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS MAMOPLASTIA REDUTORA:

- Evite dietas radicais nas semanas que antecedem a cirurgia. Opte por uma alimentação equilibrada com carnes magras, carboidratos integrais, legumes, verduras e frutas.
- Tome bastante líquido, principalmente no dia anterior à cirurgia.
- Não ingerir bebidas alcóolicas e não fazer refeições pesadas na véspera do procedimento.
- Não fumar pelo menos 2 meses antes e 2 meses após a cirurgia.
- Não ingerir ginkgo biloba, arnica, AAS, antiinflamatórios ou termogênicos nas semanas anteriores ao procedimento. Comunicar a equipe médica sobre TODOS os MEDICAMENTOS que faz uso para que sejam feitas as orientações pertinentes.
- Respeitar o jejum orientado pelo anestesista (jejum absoluto de 8 horas).
- Pode tomar banho no dia do procedimento, mas não use hidratantes neste dia. Se desejar esmaltar as unhas, opte por esmaltes claros.
- Comparecer ao hospital com acompanhante, portando documentos pessoais, exames realizados no pré-operatório, roupa confortável com possibilidade de abotoar na frente (ex: camisas) para o momento da alta, sutiã pós-cirúrgico recomendado, meia elástica anti-trombo e objetos de uso pessoal. Evite o uso de lentes de contato e adornos metálicos neste dia (brincos, anéis, piercings, pulseiras).
- Comunicar a equipe imediatamente diante de qualquer desconforto no período que precede a cirurgia, por exemplo, indisposição, gripe, febre, etc.

• ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS PARA MAMOPLASTIA REDUTORA:

- Ingerir líquidos no pós-operatório (água, água de côco, sucos, chás) até que a urina se mantenha clara.
- Manter dieta equilibrada e saudável.
- Evitar bebidas gasosas e alimentos que possam gerar distensão abdominal (repolho, feijão, leite – para os intolerantes à lactose).
- Uso contínuo do sutiã por 60 dias.
- Após este período, optar pelo uso do sutiã pós-cirúrgico nas atividades do dia a dia, por promover melhor sustentação.
- Uso da meia elástica por 7 a 10 dias, retirando-a somente para dormir.
- Não permanecer longos períodos deitada ou sentada após a alta. Deambular pequenas distâncias dentro de casa.
- Dormir por 45 dias de “barriga para cima”.
- Nos primeiros 15 dias, elevar os braços somente o suficiente para lavar o rosto e escovar os dentes. A elevação completa dos braços só será permitida após 3 a 4 semanas.
- Evitar dirigir carro por 3 semanas e moto por 6 semanas.
- Levantar da cama com auxílio, principalmente nas primeiras 2 semanas.
- Realizar curativos conforme orientação médica na consulta.
- Consultar este informativo tantas vezes quantas se fizerem necessárias para esclarecer e eliminar perfeitamente suas dúvidas. Restando algum questionamento ou diante de alguma intercorrência, contactar a dra Evelyne.

Tenha sempre em mente que o bom resultado final de qualquer cirurgia também depende de você.

 
VOLTAR

Avenida Barão do Rio Branco, 4037, Bairro Bom Pastor. Juiz de Fora - MG (encontre no mapa)

32 3215.3116

contato@evelyneschmaltz.com.br

 

Evelyne Schmaltz© 2017. Todos os direitos reservados.