Corporais

Lipoaspiração 

Lipoaspiração

Homens e mulheres apresentam tendências variadas para armazenamento de gordura em determinadas áreas corporais. Muitas vezes esta gordura localizada é de difícil resolução, mesmo com adequação alimentar e prática regular de atividade física. Para estes casos, a lipoaspiração pode ser benéfica, resgatando a harmonia do contorno corporal. Neste procedimento, a região a ser tratada é infiltrada com uma solução salina específica e, em seguida, a gordura é aspirada através de cânulas apropriadas.

1. Quanto poderei emagrecer com a lipoaspiração?
A lipoaspiração NÃO tem por objetivo o emagrecimento, mas sim o tratamento de depósitos localizados de gordura para melhora do contorno corporal.

2. Qual a diferença entre hidrolipo, minilipo, lipo light?
Atualmente muitas denominações são dadas para a lipoaspiração, mas todas elas referem-se a um mesmo procedimento. Eventualmente estes termos são utilizados para a lipoaspiração de áreas menores e mais localizadas, mas os riscos são os mesmos e os parâmetros de segurança devem ser respeitados.

3. Quais os tipos de anestesia possíveis para a lipoaspiração?
A escolha da modalidade anestésica dependerá das áreas a serem lipoaspiradas.

4. Existem limites para a lipoaspiração?
Sim. Há critérios de segurança e limites de áreas lipoaspiradas para minimizar os riscos e as complicações relacionadas a este procedimento.

5. Onde são posicionadas as cicatrizes?
Geralmente as cicatrizes são pequenas e posicionadas em áreas estratégicas para menor visibilidade. Sua localização dependerá da área a ser tratada.

6. Quando são retirados os pontos?
Os pontos geralmente são retirados em 7 a 14 dias.

7. É necessário o uso de cinta/malha elástica e de drenagem linfática?
Sim. Vide orientações.

8. Quanto tempo dura o resultado?
Se houver estabilidade de peso, o resultado provavelmente será estável e duradouro. O ganho de peso futuro poderá comprometer o resultado.

9. Quando poderei retornar às minhas atividades profissionais?
A liberação dependerá da atividade exercida e das áreas lipoaspiradas, mas de forma geral o retorno às atividades cotidianas costuma ser breve.

Lipoaspiração

• ORIENTAÇÕES PRÉ-OPERATÓRIAS PARA LIPOASPIRAÇÃO:

- Evite dietas radicais nas semanas que antecedem a cirurgia. Opte por uma alimentação equilibrada.
- Tome bastante líquido, principalmente nos dias anteriores à cirurgia.
- Não ingerir bebidas alcóolicas nem realizar refeições pesadas na véspera do procedimento.
- Não fumar pelo menos 2 meses antes e 1 mês após a cirurgia.
- Não ingerir ginkgo biloba, arnica, AAS, antiinflamatórios, medicamentos para emagrecer ou termogênicos nas semanas anteriores ao procedimento. Informar a equipe médica sobre TODOS os MEDICAMENTOS em uso para que sejam feitas as orientações e ajustes pertinentes.
- Respeitar o jejum orientado pelo anestesista (jejum absoluto de 8 horas).
- Pode tomar banho no dia do procedimento, preferencialmente com o sabonete antisséptico prescrito, mas não use hidratantes neste dia.
- Comparecer ao hospital com acompanhante obedecendo o horário indicado pela cirurgiã, portando documentos pessoais, cinta/malha elástica pós-cirúrgica recomendada, meia elástica anti-trombo, objetos de uso pessoal e todos os exames realizados no pré-operatório. IR PARA O CENTRO CIRÚRGICO VESTIDA COM A MEIA E LEVAR A CINTA.
- Comunicar até 2 dias antes da cirurgia ocorrências como gripe, indisposição, febre, etc.

• ORIENTAÇÕES PÓS-OPERATÓRIAS PARA LIPOASPIRAÇÃO:

- Usar meia elástica anti-trombo por 2 semanas, retirando-as somente para dormir.
- Levantar-se após cada duas horas de repouso e dar uma volta pela casa, aproveitando para realizar suas atividades básicas, tais como: ir ao banheiro, alimentar-se, tomar banho. Evitar escadas.
- Nos três primeiros dias faça 10 inspirações profundas, a cada duas horas, durante o dia.
- Obedecer rigorosamente à prescrição médica.
- Ingerir líquidos no pós-operatório (água, água de côco, sucos, chás) até que a urina se mantenha clara.
- Manter dieta equilibrada, rica em proteínas, carboidratos integrais, verduras, legumes e frutas.
- Manter ingesta de alimentos ricos em vitamina C.
- Use continuamente sua cinta elástica por 2 meses após a cirurgia, retirando-a somente para dormir.
- Seguir as orientações relacionadas ao curativo fornecidas durante a alta.
- A exposição solar é restrita por um período mínimo de 2 meses após a cirurgia, especialmente até que haja resolução completa das equimoses (manchas roxas).
- Evite dirigir automóvel nas primeiras duas semana.
- Evite ambientes quentes.
- Drenagem linfática: iniciar na semana seguinte à cirurgia com fisioterapeuta capacitada e com manobras específicas para pós-operatório.
- Consultar este informativo tantas vezes quantas se fizerem necessárias para esclarecer e eliminar perfeitamente suas dúvidas. Restando algum questionamento ou diante de alguma intercorrência, entrar em contato com a dra Evelyne.

 
VOLTAR

Avenida Barão do Rio Branco, 4037, Bairro Bom Pastor. Juiz de Fora - MG (encontre no mapa)

32 3215.3116

contato@evelyneschmaltz.com.br

 

Evelyne Schmaltz© 2017. Todos os direitos reservados.